Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios

Universidade Brasileira do Leite

Uma iniciativa do G100, criada com o objetivo de treinar técnicos do setor lácteo, na modalidade EAD, com baixo custo e cursos diversificados, ministrados por professores especialistas em suas áreas de atuação. A UBL oferece cursos específicos para uma determinada associada e cursos abertos ao público em geral.

Fil Brasil

Com o objetivo de fazer parte das discussões e elaboração das Normas Técnicas da FIL/IDF – entidade existente há 116 anos - que impactam na regulamentação internacional e nacional do leite e de seus produtos lácteos, com presença no “Codex Alimentarius”. O Comitê Brasileiro – CB-FIL/IDF foi lançado em fevereiro de 2019, processo liderado pelo G100 com apoio de suas associadas e outras entidades do setor.

BRASÍLIA FEST LEITE

O G100 em parceria com a Frente Parlamentar em Defesa da Bovinocultura de Leite da Câmara dos Deputados - promove desde 2015 o Brasília FestLeite - seminário dedicado à palestras, degustação de lácteos e ao debate da cadeia produtiva do leite, com vistas a uma análise de todas as etapas de produção, comercialização e consumo do leite, do produtor até a mesa do consumidor.

Livros | Artigos

Livros e Artigos – O G100 entende que a publicação ou tradução de conteúdo técnico é uma forma de contribuir com a produção de conhecimento, visando uma melhoria continua de todos os envolvidos na cadeia produtiva.

MISSÕES INTERNACIONAIS

Com o objetivo desenvolver ações de Benchmarking e promover maior aproximação e união entre o corpo associativo.

previous arrow
next arrow
Slider

2004.
No início de 2004, Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios brasileiras, preocupadas com sua sobrevivência, lançaram um movimento na defesa de interesses comuns.
 Em 25 de maio de 2004, estas empresas e cooperativas, reunidas em Assembleia Geral, decidiram pela constituição da Associação Brasileira das Pequenas e Médias Cooperativas e Empresas de Laticínios, que ficou sendo conhecida pela sigla G100.
Nesta Assembleia foram eleitos os conselheiros e sua diretoria:
 
Presidente - Wellington Silveira de Oliveira Braga,
 
Vice-Presidente - José Eustáquio Bernardino Sena
 
2º Vice-Presidente - João Bosco Ferreira,
 
Vice-Presidente - Alexandre de Almeida Marques,
 
Pelo Estatuto da Associação em seu CAPÍTULO IV Artigo 26 – A administração da sociedade competirá ao Conselho Deliberativo, órgão não remunerado. Parágrafo Único – O Conselho Deliberativo nomeará e empossará um Diretor Executivo diretamente ou contratará a prestação de serviços de um profissional para o exercício deste cargo. Neste ato, empossado o economista Wilson Massote Primo para a função de diretor executivo, a quem cabe operacionalizar as decisões do Conselho Deliberativo.
Em 14/07/2004, o G100, foi recebido em audiência pelo Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues.  Na ocasião foi apresentado, formalmente à associação.
1° reunião do Conselho Deliberativo – Definição e agenda:
►Normatização Higiênica Sanitária
►Capital de Giro
►Concentração no Varejo