2º WORKSHOP TÉCNICO ARACAJU – SE

Realizado no dia 22/10/2012.

2° Evento da Série “A indústria de laticínio parceira para o produtor ganhar dinheiro com a produção de leite”.

Após a realização do I workshop da série, quando foi muito discutida a importância da indústria apoiar o produtor de leite, com o objetivo de fazê-lo ganhar dinheiro com a produção, tornando-se competitivo, baixar custos, se capitalizar e modernizar sua atividade, criando assim o ciclo virtuoso ganhar dinheiro.

Escolhemos a região nordeste para dá sequência aos nossos trabalhos. Observamos primeiro as experiências de sistemas de produção predominantemente nas regiões do semiárido onde se produz leite a pasto ou com alimentação produzida sem irrigação, decidimos que seria esse o foco do II Workshop. Na época,  não tínhamos ainda uma associada na região nordeste com uma trabalho desenvolvido específico para os produtores de leite das regiões da Caatinga e do Agreste, por esse motivo, resolvemos realizar nosso II Workshop  a partir das experiências, bem sucedidas, do programa que o Sebrae-SE desenvolve através da aplicação de tecnologias focadas em produção de alimentos baseado nas condições existentes no semiárido.

Assim sendo, o evento foi desenvolvido em parceria com o Núcleo de Tecnologia Social – Tecnologia do cultivo intensivo da Palma –Sebrae/SE. O dr. Paulo Suassuna apresentou uma palestra sobre a cultura da palma e sua importância para o produtor de leite, especialmente nas regiões do semiárido e o engenheiro agrônomo, Francisco Pereira, Laticínio Sol/BA, deu sequência ao evento falando sobre a Culturas de forrageiras na Caatinga e Agreste, todos os participantes conheceram in loco a produção de palma, esse importante alimento para a vaca de leite.